ANDRÉ BRAGA E CLÁUDIA FIGUEIREDO ⁄ CIRCOLANDO


RAIO X

ESTREIA ⁄ COPRODUÇÃO

QUI 1 & SEX 2 FEV / 21h30 • SÁB 3 FEV ⁄ 19H00


Auditório • Campo Alegre

7,50EUR • M/16 

bilhetes

Direção artística André Braga e Cláudia Figueiredo
Criação André Braga, Cláudia Figueiredo e Paulo Mota
Interpretação André Braga e Paulo Mota
Sonoplastia Pedro Augusto
Vídeo Vítor Costa
Realização Plástica Rodrigo Queirós
Luz João Abreu
Produção Ana Carvalhosa (direção) e Cláudia Santos
Coprodução Circolando, Teatro Municipal do Porto, São Luiz Teatro Municipal
Residências de Criação FITEI, Teatro Municipal do Porto
Apoios IEFP / Cace Cultural do Porto
Duração aprox. 1h10 
"Os Raios X (descobertos em 1895 por Wilhelm Röntgen) trazem a inquietação metafísica de ver o interior dos corpos materiais, poder observar o interior das coisas vivas, penetrar a matéria e perceber as coisas a partir do seu centro mais íntimo e vital”.
É este o repto que queremos tomar para nós, e um pouco em contraciclo ao das nossas últimas criações, indagar sobre os territórios do etéreo e da leveza. O espaço “dos ecos da luz”, “dos brancos intersticiais”, “da ressonância do visível”. Geografias imaginárias que se adaptam bem ao que mais nos seduz nas radiografias: a cor, a luz, o tempo, a dissolução dos corpos materiais. Pomos de lado a doença e a vertigem da morte e embarcamos numa Expedição.“ A visão do Grande Vazio faz perder o pé”. O grande silêncio do corpo, a fonte onde a energia pura cria o movimento da dança. Que imagens, que paisagens podemos criar que reflitam este misterioso lugar? Queremos prosseguir com a reflexão sobre as formas de sensibilidade e lucidez próprias da criação artística. Interessa-nos aventurar-nos num diálogo a cru com a filosofia. José Gil e María Zambrano, estão entre os autores a visitar.

— André Braga e Cláudia Figueiredo / Circolando



André Braga nasceu no Porto em 1973. É encenador, coreógrafo, cenógrafo, intérprete. Depois de frequentar a Licenciatura em Desporto e Educação Física da Universidade do Porto e a École Nationale du Cirque Annie Fratellini em Paris, dedica-se a uma pesquisa e formação pessoal em Dança, Teatro e Artes Plástica, frequentando múltiplos estágios em Portugal, Paris, Madrid, Orléans e Viena. Cria em 1999 a Circolando onde assume a direção artística.

Cláudia Figueiredo nasceu no Porto em 1974. É licenciada em Sociologia pela Faculdade de Letras do Porto e frequentou o Programa de Mestrado e Doutoramento em Sociologia na Universidade de Coimbra. Depois de um breve percurso no domínio da investigação e da coordenação editorial, dedica-se em exclusivo à Circolando desenvolvendo funções ao nível da direção, conceção de projetos e dramaturgia


///
CONVERSA PÓS-ESPETÁCULO COM Tiago Teixeira •   QUI 1 FEV 
Médico 
 
ANDRÉ BRAGA E CLÁUDIA FIGUEIREDO ⁄ CIRCOLANDO - © Lisa Soares

© Lisa Soares

calendário