Dorothée Munyaneza

Unwanted
França ⁄ Ruanda
Estreia Nacional

Fevereiro

1 Sex 21.00h


CAMPO ALEGRE Auditório

10.00€ • >12

bilhetes

Conceção
Com
Artista Plástico Bruce Clarke
Música
Aconselhamento Artístico Faustin Linyekula
Cenografia Vincent Gadras
Figurinos
Diretor Técnico Marion Piry
Direção de Produção Emmanuel Magis / Anahi
Produção Compagnie Kadidi, Anahi
Coprodução Festival d’Avignon, Maison de la culture de Bourges Scène nationale, Théâtre de Nîmes Scène conventionnée pour la danse contemporaine, Le Liberté Scène nationale de Toulon, Pôle Arts de la scène Friche la Belle de Mai, La Chartreuse de Villeneuve-lez-Avignon, Escales danse en Val d’Oise, Musée de la danse (Rennes), Théâtre de Saint-Quentin-en-Yvelines Scène nationale, Pôle Sud Centre de développement chorégraphique de Strasbourg, Festival d’Automne à Paris, BIT Teatergarasjen-Bergen, Théâtre Forum Meyrin (Genève), Théâtre Garonne Scène européenne (Toulouse), L’Échangeur Centre de développement chorégraphique Hauts de France, Tanz im August/HAU Hebbel am Ufer (Berlin), Théâtre du fil de l’eau (Pantin), Le Bois de l’Aune (Aix-en-Provence)
Duração aprox. 1h15 

em paralelo

“Unwanted” conta a história de mulheres violadas.  
A violação é considerada ainda, hoje em dia, como uma arma de destruição em massa nas zonas de conflito / zonas de guerra. Violações que originam crianças traumatizadas pela história que carregam, um peso em torno do seu nascimento que as acompanhará para toda a vida. Para escrever esta história, Dorothée Munyaneza foi ao encontro de mães rejeitadas, mulheres feridas pelas circunstâncias de uma vida que não planearam, e a quem lhes foi feita sempre a mesma pergunta, como início de conversa: “Depois do que lhe aconteceu, o que fez para se aceitar como é?”. Um relato a partir de histórias reais, de mulheres que se viram violentadas na sua intimidade.


Dorothée Munyaneza, cantora, autora e coreógrafa, é um dos nomes fundamentais da arte contemporânea internacional. Desde 2000 que assina vários projetos musicais e coreográficos, tendo assumido o primeiro grande trabalho de projeção internacional em 2014. Natural do Ruanda, Dorothée Munyaneza deixou Kigali em 1994, aos 12 anos, instalando-se em Inglaterra com os seus pais. Depois de ter assumido a nacionalidade britânica, estudou música e, através desta arte, perpetuou a memória dos corpos, individuais e coletivos, através das palavras dos seus temas. Em 2004, compõe e interpreta a banda sonora original de Hotel Ruanda, de Terry George, e, entre colaborações, lança o seu primeiro álbum a solo em 2010. Vive atualmente em Marselha, França. 
Conversa pós-espetáculo com Raquel S. - © Christophe Raynaud de Lage

© Christophe Raynaud de Lage

calendário