INTERMITÊNCIAS #3 (Ensaio aberto)


Joclécio Azevedo

qua 25 nov ⁄ 21h30


Sala de Ensaios • Rivoli

Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete e sujeita à lotação da sala. 
M/12
Duração aprox. 45 min
Concepção Joclécio Azevedo
Bailarinos André Mendes, Bruno Senune, Camila Neves, Joana Castroe Joclécio Azevedo
Colaboração Jérémy Pajeanc, Kubik (aka Victor Afonso)
Figurinos Jordann Santos
Desenho e Operação de Luz Miguel Carneiro
Apoio à Residência Companhia Instável
Produção Executiva e Difusão Circular Associação Cultural
Coprodução Teatro Municipal do Porto e Circular Associação Cultural 
Em “Intermitências #3” ensaia-se uma coreografia informada por uma série de encontros, de curta duração, separados por intervalos.
Continuam obcecados pela ideia de tempo comum, de tempo partilhado, de qualidade do tempo, de fractura do tempo. Interessa-nos o tempo indefinido, o tempo não produtivo, o tempo de vagar. Interessa-nos perceber o que nos motiva e como nos motivamos para além do que são as nossas especializações, para além daquilo que fazemos com o intuito de sobreviver, ou de ajudar a mover a engrenagem social e política na qual nos inserimos. Um ensaio liga-se comummente à ideia de repetição, de algo que se faz para ser refeito, reproduzido, aperfeiçoado. Mas o que ensaiamos nós quando nos repetimos? Como aprendemos com a repetição? Como nos prendemos com a repetição? Como nos libertamos do que aprendemos? Como desaprender? Este é o terceiro momento aberto ao público do projeto “Intermitências”, a ser desenvolvido numa série de residências artísticas durante 2015. O projeto será concluído em Fevereiro de 2016 com a apresentação de uma nova criação no Teatro Municipal do Porto.


Joclécio Azevedo Brasil, 1969. Vive no Porto desde 1990. Os seus trabalhos atravessam diferentes disciplinas artísticas, tendo-se dedicado mais intensamente à criação coreográfica a partir de 1999. Participa regularmente em projectos de criação e investigação, desenvolvendo colaborações e integrando residências artísticas em diversos contextos, dentro e fora do país. A partir de 2012 começou a colaborar com a Circular Associação Cultural, em Vila do Conde, como artista residente.
INTERMITÊNCIAS #3
(Ensaio aberto) -

calendário