O CÃO QUE CORRE ATRÁS DE MIM (e o Avô Elísio à Janela)

Coprodução Teatro Municipal do Porto

Filipe Caldeira

sex 13 nov ⁄ 10h30 & 15h00
sáb 14 & dom 15 nov ⁄ 16h00


Palco do Auditório • Campo Alegre

Preços Únicos • Adultos 5,00 EUR • Crianças e Grupos Escolares 2,00 EUR • M/3
/
Duração aprox. 45 min.  

bilhetes

Criação e interpretação Filipe Caldeira
Texto original Isabel Minhós Martins
Apoio à dramaturgia Joclécio Azevedo
Assistência artística Catarina Gonçalves
Cenografia Ana Guedes
Apoio à cenografia Emanuel Santos
Sonosplastia Rodrigo Malvar
Voz Catarina Gonçalves
Figurinos Jordann Santos
Desenho de luz Miguel Carneiro
Vídeo Teresa Pinto
Apoio à residência Teatro do Frio, Companhia instável
Agradecimentos Seteventos, Escola Viva
Produção Executiva e Difusão Circular Associação Cultural
Coprodução Teatro Maria Matos e Teatro Municipal do Porto

Encomenda do Programa para Crianças e Jovens do Teatro Maria Matos

O cão...
Um trabalho de risco sobre o risco.
O cão fala da rua, precisa da rua, precisa do bairro, precisa de cantos onde fazer xixi, precisa de crianças para perseguir.
O cão fala da falta de rua
Da falta de sarilhos
De amigos e compinchas
Da rua que se transforma no mundo
Da casa abrigo, do avô amigo
Fala de se safar sozinho, safar os amigos
Ter medo da noite e mesmo assim não ir para casa
O cão é a rua, é o avô, é a casa eles precisam uns dos outros. Reclamamos a rua para brincar, partir, esconder aprender, perder.


Filipe Caldeira nasceu em Vila do Conde, em 1982. Inicia em 2000 o seu estudo em manipulação de objetos e desde então tem investido a sua formação nas áreas da dança, teatro e circo. No seu trabalho, pesquisa um corpo total não possuidor de uma só linguagem, questionando várias formas de comunicação. Em 2005 inicia‐se profissionalmente como autor e intérprete.
O CÃO QUE CORRE ATRÁS DE MIM 
(e o Avô Elísio à Janela)  - Susana Pomba

Susana Pomba

  • © Susana Pomba
  • © Susana Pomba
  • © Susana Pomba
  • © Susana Pomba
  • © Susana Pomba
  • © Susana Pomba
  • © Susana Pomba

calendário