UMA GAIVOTA

De 19 a 23 out ⁄ Das 15h às 19h00


Sala de Ensaios • Rivoli

10,00 eur

Jovens criadores e intérpretes das artes performativas
Mediante inscrição prévia e mais informações
paralelo.tmp@cm-porto.pt 

paralelo

Workshops
 
Este laboratório é uma atividade paralela ao espetáculo “Uma Gaivota” da Estrutura, que estreará em Fevereiro de 2016. 
Os criadores Cátia Pinheiro, José Nunes e Pedro Zegre Penim propõem-se a fazer um laboratório de criação e interpretação onde darão a conhecer os seus processos e metodologias, bem como a abordagem de apropriação, desconstrução e transformação do texto clássico de Anton Tchekhov. Partindo desta base, os participantes serão convidados a explorar alguns materiais de pesquisa e dramaturgia do projeto, num contexto de partilha e experimentação, fazendo com que esta atividade se transforme numa espécie de tubo de ensaio do processo criativo do espetáculo.

Orientadores

Cátia Pinheiro
Fez formação na Academia Contemporânea do Espetáculo. Foi bolseira do Centro Nacional de Cultura. Trabalhou como atriz com vários encenadores e estruturas como António Fonseca, Nuno Cardoso, Nuno Carinhas, Diogo Infante, Ana Luísa Guimarães, Nuno M. Cardoso, Mundo Perfeito, Cão Solteiro, entre outros. É co-diretora artística da Estrutura, que fundou em 2009, juntamente com José Nunes.

José Nunes
É formado em Teatro (ESMAE) e Programação e Gestão Cultural (U. Lusófona). Co-criou os seguintes espetáculos: “Vertigem” (2007), “Botox” (2009), “Geopolítica do Caos” (2009), “WTF?” (2010). Fundou e co-dirigiu a companhia de teatro Primeiro Andar (2005-2009). Em 2009, criou a Estrutura, juntamente com Cátia Pinheiro.

Pedro Zegre Penim
Formado em Teatro (ESTC) e mestrando em Gestão Cultural (ISCTE). É membro fundador do Teatro Praga e o seu trabalho como encenador e ator estende-se também à escrita, à tradução e à formação e já foi apresentado por todo o território português e noutros países como França, Itália, Reino Unido, Alemanha, Eslováquia, Eslovénia, Hungria e Israel.

 
UMA GAIVOTA  -

calendário