Jonathan Uliel Saldanha -

19 Sáb 17.00h & 19.30h
20 Dom 16.00h

RIVOLI Pequeno Auditório

Entrada gratuita • >12

Jonathan Uliel Saldanha

SOMA

Performance
Jonathan Uliel Saldanha -
As filmagens de um tribunal afásico e estático são a partitura vídeo para uma sonoplastia gestual, que se desenvolve numa temporalidade circunscrita a um sistema fechado, a partir de ações de inquérito a um objeto inerte, num tribunal afásico e desmembrado. 
Ao longo de um protocolo de ações que inferem sobre a delimitação de um corpo-aglomerado, reconstitui-se um acidente a partir das suas circunstâncias. Esta máquina cénica e forense ausculta o julgamento de um objeto ausente, uma Relíquia Futura. 


Jonathan Saldanha é construtor sonoro e cénico, que trabalha com pré-linguagem, dub, cristalização, percussão, allopoiesis, animismo e eco. Entre 2016 e 2018 apresentou a instalação/performance “Vocoder & Camouflage” no CAC Passerelle/Dañsfabrik, em Brest, e a peça “O Poço” no Festival DDD – Dias da Dança no Teatro Rivoli, no Porto; a instalação "Oxidation Machine" no dodisturb Palais de Tokyo, Paris e na Casa de Serralves, Porto; a peça "Plethora" nos festivais Out.Fest e Verão Azul, Portugal; e a exposição "Afasia Tática", na Culturgest e "Anóxia" na Anozero Bienal de Coimbra. Fundador da plataforma de arte Soopa. Co-fundador da editora discográfica Silorumor. Dirige o ensemble HHY & The Macumbas e é co-fundador da banda Fujako. A sua música está editada na ångström, Tzadik, Rotorelief, Silorumor e Wordsound.
Direção artística / composição sonora Jonathan Saldanha 
Interpretação Ana Beatriz Silva, João Teixeira, Mariana Alves, Hugo Silva (alunos da EB Eugénio de Andrade, Porto) 
Atores do filme Ana Renata Polónia, Ece Canli, Igor Bisser, Nuno Pinto, Luísa Saraiva, Coro Sénior Fundação Manuel António da Mota, Grupo de Teatro da FEUP 
Coencenação Catarina Miranda 
Cenografia Jonathan Saldanha, Catarina Miranda 
Câmara Sofia Arriscado, Jonathan Saldanha 
Pós-produção de vídeo Diogo Tudela, Jonathan Saldanha 
Desenho de som João Polido, Jonathan Saldanha 
Operação de som Luís Kasprzykowski
Interação sonora/mapeamento de gestos Alonso Torres 
Desenho de luz Rui Monteiro 
Assistência de desenho de luz Teresa Antunes 
Documentação vídeo Sofia Arriscado 
Imagem e vídeo 3D AALTAR (Daniel Martins) 
Intérpretes de Língua Gestual Portuguesa Fátima Ferreira, Sara Sousa
Docente responsável pelo acompanhamento de alunos da EB Eugénio de Andrade (Porto) Olinda Cardoso 
Direção técnica Patrícia Gilvaia 
Produção Executiva Sara Gomes 
Direção de produção SOOPA Patrícia Gilvaia 
Produção SOOPA 
Coprodução Temps d’Images/Duplacena, Teatro Municipal do Porto 
Apoios Dgartes, Culturgest, Escola Básica Eugénio de Andrade 
Agradecimentos Paulo Vasques, Rui Simão, Filipa Alfaro, Fátima Marinho, Reitoria da UP, Paulo Vinhas, Coro Sénior Fundação Manuel António da Mota, Grupo de Teatro da FEUP, Olinda Cardoso, Juan Luis Toboso, Francisco Queimadela, Mariana Caló, José Cordeiro, mala voadora 

Duração aprox. 50 mins 

88˚Aniversário Teatro Rivoli

88˚Aniversário Teatro Rivoli

16 Qui, 18 Sáb & 19 Dom
RIVOLI Vários Espaços

Multidisciplinar