Jonathan Uliel Saldanha -

19 Sáb 17.00h & 19.30h
20 Dom 16.00h

RIVOLI Pequeno Auditório

Entrada gratuita • >12

Jonathan Uliel Saldanha

SOMA

Performance
Jonathan Uliel Saldanha -
As filmagens de um tribunal afásico e estático são a partitura vídeo para uma sonoplastia gestual, que se desenvolve numa temporalidade circunscrita a um sistema fechado, a partir de ações de inquérito a um objeto inerte, num tribunal afásico e desmembrado. 
Ao longo de um protocolo de ações que inferem sobre a delimitação de um corpo-aglomerado, reconstitui-se um acidente a partir das suas circunstâncias. Esta máquina cénica e forense ausculta o julgamento de um objeto ausente, uma Relíquia Futura. 


Jonathan Saldanha é construtor sonoro e cénico, que trabalha com pré-linguagem, dub, cristalização, percussão, allopoiesis, animismo e eco. Entre 2016 e 2018 apresentou a instalação/performance “Vocoder & Camouflage” no CAC Passerelle/Dañsfabrik, em Brest, e a peça “O Poço” no Festival DDD – Dias da Dança no Teatro Rivoli, no Porto; a instalação "Oxidation Machine" no dodisturb Palais de Tokyo, Paris e na Casa de Serralves, Porto; a peça "Plethora" nos festivais Out.Fest e Verão Azul, Portugal; e a exposição "Afasia Tática", na Culturgest e "Anóxia" na Anozero Bienal de Coimbra. Fundador da plataforma de arte Soopa. Co-fundador da editora discográfica Silorumor. Dirige o ensemble HHY & The Macumbas e é co-fundador da banda Fujako. A sua música está editada na ångström, Tzadik, Rotorelief, Silorumor e Wordsound.
Direção artística / composição sonora Jonathan Saldanha 
Interpretação Ana Beatriz Silva, João Teixeira, Mariana Alves, Hugo Silva (alunos da EB Eugénio de Andrade, Porto) 
Atores do filme Ana Renata Polónia, Ece Canli, Igor Bisser, Nuno Pinto, Luísa Saraiva, Coro Sénior Fundação Manuel António da Mota, Grupo de Teatro da FEUP 
Coencenação Catarina Miranda 
Cenografia Jonathan Saldanha, Catarina Miranda 
Câmara Sofia Arriscado, Jonathan Saldanha 
Pós-produção de vídeo Diogo Tudela, Jonathan Saldanha 
Desenho de som João Polido, Jonathan Saldanha 
Operação de som Luís Kasprzykowski
Interação sonora/mapeamento de gestos Alonso Torres 
Desenho de luz Rui Monteiro 
Assistência de desenho de luz Teresa Antunes 
Documentação vídeo Sofia Arriscado 
Imagem e vídeo 3D AALTAR (Daniel Martins) 
Intérpretes de Língua Gestual Portuguesa Fátima Ferreira, Sara Sousa
Docente responsável pelo acompanhamento de alunos da EB Eugénio de Andrade (Porto) Olinda Cardoso 
Direção técnica Patrícia Gilvaia 
Produção Executiva Sara Gomes 
Direção de produção SOOPA Patrícia Gilvaia 
Produção SOOPA 
Coprodução Temps d’Images/Duplacena, Teatro Municipal do Porto 
Apoios Dgartes, Culturgest, Escola Básica Eugénio de Andrade 
Agradecimentos Paulo Vasques, Rui Simão, Filipa Alfaro, Fátima Marinho, Reitoria da UP, Paulo Vinhas, Coro Sénior Fundação Manuel António da Mota, Grupo de Teatro da FEUP, Olinda Cardoso, Juan Luis Toboso, Francisco Queimadela, Mariana Caló, José Cordeiro, mala voadora 

Duração aprox. 50 mins 

87º Aniversário Teatro Rivoli

19 Sáb — 20 Dom

A história do Rivoli escreve-se através de momentos marcantes da vida da cidade. Desde os idos anos 30, quando a ópera e o teatro dominavam o panorama artístico da cidade e o som chegou ao cinema, que o Rivoli tem vindo a assumir um importante papel na vida e nos hábitos culturais dos portuenses, atravessando muitas gerações, contextos políticos sociais distintos, momentos bons e menos bons, alicerçado, acima de tudo, numa enorme capacidade de se renovar e reinventar.
“100% Porto” é o título do projeto do coletivo germano-suíço Rimini Protokoll, que convoca 100 habitantes da cidade para o palco do Grande Auditório do Rivoli, num espetáculo que traça o perfil demográfico e social do Porto, naquele que é um autêntico mapa cartográfico vivo. “100% Porto” é assim o mote para um Aniversário pela primeira vez comemorado em dois dias (19 e 20 de janeiro, com entrada gratuita) dando resposta à grande afluência de públicos que nos últimos anos tem vindo a comparecer a esta celebração.
São 25 os artistas do Porto que integram um programa que evidenciará a vitalidade e criatividade que se vive na nossa cidade, em espetáculos que cruzam dança, teatro, cinema, música, instalação e literatura, num programa pensado para todos, dos 3 aos 100 anos. Nestes dias de festa, o Rivoli estará mais vibrante do que nunca, todos os seus espaços poderão ser percorridos e estará sempre algo a acontecer. Será também por esses espaços que a programação da segunda parte da temporada — entre Março e Julho de 2019 — será revelada e disponibilizada a todos aqueles que nos vierem visitar. E estamos certos de que serão muitos. Aqui vos esperamos, para juntos celebrarmos.

 
Artistas
Rimini Protokoll • Jonathan Uliel Saldanha • Marco da Silva Ferreira • Jorge Andrade • Dona Rosa & Sopa de Pedra • Sérgio Martins & Rui Lima • Tânia Dinis • Bruno Senune • Flávio Rodrigues • Valter Fernandes • Jorge Louraço Figueira • Rodrigo Santos • ACE – Escola de Artes • ESMAE – Escola Superior de Músicas e Artes do Espetáculo • Cristiana Sabino • Rui Spranger • Marco Oliveira • Renato Roque • Rui David • Pedro Alves • Pedro Ferraz • Ricardo Megre • Francisco Rua • Groove Ball (Simone Francisco, Inês Pando & Igor Ribeiro)
 
 
A entrada é gratuita e os bilhetes (para sábado e domingo) podem ser levantados na Bilheteira do Teatro Rivoli no sábado, 19 de janeiro, a partir das 10h30, no máximo de dois bilhetes por pessoa e por espetáculo (sujeito à lotação das salas).
Os bilhetes que ficarem disponíveis e que não forem levantados no sábado, poderão ser levantados no domingo, 20 de janeiro, a partir das 10h30, nas mesmas condições acima enunciadas.