INTERMITÊNCIAS #3 (Ensaio aberto)


Joclécio Azevedo

INTERMITÊNCIAS #3
(Ensaio aberto)

Novembro

qua 25 nov ⁄ 21h30

RIVOLISala de Ensaios

Dança
Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete e sujeita à lotação da sala. 
M/12
Duração aprox. 45 min
Continuam obcecados pela ideia de tempo comum, de tempo partilhado, de qualidade do tempo, de fractura do tempo. Interessa-nos o tempo indefinido, o tempo não produtivo, o tempo de vagar. Interessa-nos perceber o que nos motiva e como nos motivamos para além do que são as nossas especializações, para além daquilo que fazemos com o intuito de sobreviver, ou de ajudar a mover a engrenagem social e política na qual nos inserimos. Um ensaio liga-se comummente à ideia de repetição, de algo que se faz para ser refeito, reproduzido, aperfeiçoado. Mas o que ensaiamos nós quando nos repetimos? Como aprendemos com a repetição? Como nos prendemos com a repetição? Como nos libertamos do que aprendemos? Como desaprender? Este é o terceiro momento aberto ao público do projeto “Intermitências”, a ser desenvolvido numa série de residências artísticas durante 2015. O projeto será concluído em Fevereiro de 2016 com a apresentação de uma nova criação no Teatro Municipal do Porto.


Joclécio Azevedo Brasil, 1969. Vive no Porto desde 1990. Os seus trabalhos atravessam diferentes disciplinas artísticas, tendo-se dedicado mais intensamente à criação coreográfica a partir de 1999. Participa regularmente em projectos de criação e investigação, desenvolvendo colaborações e integrando residências artísticas em diversos contextos, dentro e fora do país. A partir de 2012 começou a colaborar com a Circular Associação Cultural, em Vila do Conde, como artista residente.
Em “Intermitências #3” ensaia-se uma coreografia informada por uma série de encontros, de curta duração, separados por intervalos.

Novembro

qua 25 nov ⁄ 21h30

RIVOLISala de Ensaios

Dança
Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete e sujeita à lotação da sala. 
M/12
Duração aprox. 45 min
Concepção Joclécio Azevedo
Bailarinos André Mendes, Bruno Senune, Camila Neves, Joana Castroe Joclécio Azevedo
Colaboração Jérémy Pajeanc, Kubik (aka Victor Afonso)
Figurinos Jordann Santos
Desenho e Operação de Luz Miguel Carneiro
Apoio à Residência Companhia Instável
Produção Executiva e Difusão Circular Associação Cultural
Coprodução Teatro Municipal do Porto e Circular Associação Cultural