JOANA PROVIDÊNCIA / ACE TEATRO DO BOLHÃO -

87º Aniversário Teatro Rivoli

SÁB 20 JAN ⁄ 11H00 & 15H00

RIVOLI Sala de Ensaios

ENTRADA GRATUITA • M/6 

JOANA PROVIDÊNCIA / ACE TEATRO DO BOLHÃO


POEMAS DE PÉ PARA A MÃO

Dança
JOANA PROVIDÊNCIA / ACE TEATRO DO BOLHÃO -
 ...tudo porque as palavras nunca nos deixam de surpreender. 
É mesmo assim que tudo vai acontecer: vamos viajar de palavra em palavra para descobrir a história da menina que não queria dormir nunca e da palavra que queria casar, dos cinco dedos que são filhos da mão e da palavra que dava uma imensa alegria a um certo rapaz. Vamos saltar de poema em poema, voar entre mini histórias que nos vão desconcertar, e tudo porque as palavras nunca nos deixam de surpreender.

Joana Providência nasceu em Braga em 1965. Iniciou os estudos em Dança Clássica com Fernanda Canossa. Em 1989 terminou o curso da Escola Superior de Dança do Instituto Politécnico de Lisboa, como bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian. Para projeto de fim de curso criou Mecanismos, trabalho premiado com o Sete de Ouro – Revelação. Integra a direção artística da ACE Teatro do Bolhão desde 2003, e leciona, desde 1995, a disciplina de Movimento na ACE Escola de Artes. Da sua vasta criação enquanto coreógrafa destacam-se Território, Terra Quente, Terra Fria, Mão na Bocae Inquietações, e os projetos para a infância Opostos Bem-dispostos e A Menina do Mar e A Fada Oriana, de Sophia de Mello Breyner.

ACE Teatro do Bolhão foi formada em 2002, constituída por um grupo de onze profissionais com direção artística de António Capelo, Glória Cheio, João Paulo Costa, Joana Providência e Pedro Aparício, a que mais tarde se juntou António Júlio. A companhia, sediada no Palácio do Bolhão, tem uma relação sinergética com a ACE Escola de Artes, hoje com 26 anos de atividade, integrando os jovens profissionais formados numa equipa de trabalho em constante renovação.
Poemas de Regina Guimarães
Direção Artística Joana Providência
Interpretação Sandra Salomé
Apoio a Figurinos Lola Sousa
Apoio Plástico Cristóvão Neto, Filipe Mendes e Lola Sousa
Apoio a Som Fábio Ferreira
Direção de Produção Glória Cheio
Duração 40 minutos