Martim Pedroso / Nova Companhia - © Alípio Padilha

© Alípio Padilha

2018

Novembro

2 Sex 21.00h
3 Sáb 19.00h
4 Dom 17.00h

CAMPO ALEGRE Café-Teatro

5.00€ • >18 

Martim Pedroso / Nova Companhia

Boudoir - 7 diálogos libertinos
Estreia

Teatro
Martim Pedroso / Nova Companhia - © Alípio Padilha

© Alípio Padilha

Boudoir - 7 diálogos libertinos é uma criação de Martim Pedroso & Nova Companhia a partir do texto A Filosofia na Alcova de Marquês de Sade.
Alguns autores ao longo dos séculos tentaram encontrar respostas sobre a sua própria existência e sobre a sociedade em que viveram através da exponenciação das suas próprias experiências e fantasias sexuais. Sade fez isso e muito mais. Já no séc. XVIII foi um revolucionário nas suas intenções: pôs em causa os bons costumes da aristocracia francesa e a moralidade católica no seio de uma velha monarquia que, para ele, se esgotava. No seu programa literário e filosófico, Sade propõe uma nova ordem mundial indo ao limite da libertinagem, tentando furar os tabus mais secretos. Contudo, não é por isso que não deixamos de contactar com a mais bela literatura e poesia em sintonia com uma verdadeira vontade de provocar a excitação física e intelectual no leitor. É este o ponto de partida para a dramatização de um espetáculo que pretende, acima de tudo, celebrar a liberdade do corpo e do pensamento na sociedade contemporânea.


Martim Pedroso nasceu em Lisboa em 1979. Para além de participar em diversos trabalhos como ator com criadores e companhias nacionais e internacionais desde 1998, iniciou a sua atividade como encenador em 2005. De entre as suas produções, destaque para "Marcações para um Crime" (2005), "Seres Humanos" (2006), "Dream Play, um tríptico" (2008 e 2009), "Purgatório" (2009), "A Philosophia do Gabiru" (2011), "O Grande Salão" e "Penthesilia, dança solitária para uma heroína apaixonada" (2012), "O Tempo e a Ira", "Sonhos de uma Noite de Inverno" e "O canto do Imperador" (2013), "AFTER, um delirium fora d ́Horas" e "Consegues Ver os Teus Pés?" (2014), "As Três (velhas) Irmãs" e "Lúcia Afogada" (2015), "Filhos das Mães" (2017) e "Cabarética" (2018) . Cocriou espectáculos com o Projecto Teatral, Teatro Praga e Cie. Zerogrammi (IT). 
Direção Martim Pedroso
Interpretação Flávia Gusmão, João Gaspar, João Telmo, Maria João Abreu, Margarida Bakker, Martim Pedroso, Pedro Monteiro, Statt Miller
Movimento e Coreografia Marlyn Ortiz
Figurinos David Ferreira
Cenografia Rueffa
Música Carlos Morgado
Vídeo Edgar Alberto
Direção Técnica e Desenho de Luz Paulo Santos
Fotografia Alípio Padilha
Produção Executiva Marta Queiroz
Produção Nova Companhia
Coprodução Teatro Municipal do Porto, Teatro Trindade INATEL
Apoios Antiquoeste, Maleta Vermelha, L'Atelier
Duração aprox. 2h