TEATRO EXPERIMENTAL DO PORTO (TEP)


Casa Vaga

Coprodução ⁄ Reposição

TEATRO EXPERIMENTAL DO PORTO (TEP)

Setembro

De Qui 15 a Sáb 17 SET ⁄ 21h30
Dom 18 Set ⁄ 17h00
De Qua 21 a Sáb 24 SET ⁄ 21h30

CAMPO ALEGREPalco do Auditório

Teatro
7,50 Eur • M⁄12

Duração aprox. 1h30 
Leitores tão precipitados quanto entusiasmados das primeiras utopias socialistas, entre citações, discussões, baladas, tiroteios, poemas, piadas, cavalgadas pelas primeiras inquietudes do capitalismo, os três cowboys vão ensaiando a criação de um novo mundo onde viver. Contudo, face ao rude embate das suas utopias e projetos revolucionários com o modelo capitalista, terão que decidir que rumo dar à sua ação e o que fazer quando as suas mãos se sujam de sangue. “Casa Vaga” é uma coboiada que insiste em alguns interesses e temas presentes nos últimos anos de programação do TEP: na interpelação às reais condições de vida e de trabalho em Portugal, e na inquirição sobre os modos sistémicos de domínio que o modelo capitalista exerce sobre os indivíduos e sobre as suas aspirações de felicidade Misturando história e ficção, desejo e utopia, pistolas e livros, neste espetáculo, o mundo, o velho e o novo, é uma casa vaga que vamos ocupar. 

Teatro Experimental do Porto (TEP) é a mais antiga companhia teatral portuguesa em funcionamento, tendo estreado o primeiro espetáculo em 1953. Sob a direção artística de António Pedro (1953-1961), o TEP foi uma companhia precursora do teatro moderno em Portugal. Entre 1998 e o final de 2009, a companhia foi dirigida por Norberto Barroca, após o que Júlio Gago assumiu essa função. Em 2012, a direção artística foi assumida por Gonçalo Amorim, encenador residente desde 2010.
Por volta de 1840, três portugueses emigram para o faroeste norte-americano em busca de melhores condições de vida e de trabalho. No Velho Oeste, são cowboys às avessas com o mito da fronteira do sonho americano.  

Setembro

De Qui 15 a Sáb 17 SET ⁄ 21h30
Dom 18 Set ⁄ 17h00
De Qua 21 a Sáb 24 SET ⁄ 21h30

CAMPO ALEGREPalco do Auditório

Teatro
7,50 Eur • M⁄12

Duração aprox. 1h30 
Conceção e Encenação Gonçalo Amorim, Pedro Gil, Raquel Castro e Rui Pina Coelho
Texto Rui Pina Coelho
Interpretação Gonçalo Amorim, Ana Brandão, Nuno Nunes
Música original ao vivo Pedro João e Ricardo Nogueira
Cenografia e figurinos Catarina Barros
Luz Francisco Tavares Teles
Apoio à sonoplastia Carlos Reis