Dos corpos e dos milagres

Joćo Garcia Miguel

Este texto foi escrito segundo a obra POEMACTO, de Herberto Hélder, onde o poeta extrai, como um exercício geométrico de escrita, as linhas do poema do romance Húmus, de Raul Brandão. De igual modo, extraí, num exercício matemático, linhas do texto APRESENTAÇÃO DE UM ROSTO, de Herberto Hélder, e dispu-las numa ordem outra, acompanhando-as de desenhos. Acrescentei depois uma escrita entrelinhas que estabelece diálogos com o poema e o poeta e as suas personagens. Chamo a esta escritura instrumental um ou uma POEMAÇÃO.

Carvalhal, 20 Outubro 2020

LER POEMAÇÃO


  • 1/8 (© Joćo Garcia Miguel)

    1/8 (© Joćo Garcia Miguel)

  • 2/8 (© Joćo Garcia Miguel)

    2/8 (© Joćo Garcia Miguel)

  • 3/8 (© Joćo Garcia Miguel)

    3/8 (© Joćo Garcia Miguel)

  • 4/8 (© Joćo Garcia Miguel)

    4/8 (© Joćo Garcia Miguel)

  • 5/8 (© Joćo Garcia Miguel)

    5/8 (© Joćo Garcia Miguel)

  • 6/8 (© Joćo Garcia Miguel)

    6/8 (© Joćo Garcia Miguel)

  • 7/8 (© Joćo Garcia Miguel)

    7/8 (© Joćo Garcia Miguel)

  • 8/8 (© Joćo Garcia Miguel)

    8/8 (© Joćo Garcia Miguel)

João Garcia Miguel
É Diretor da Companhia João Garcia Miguel, Presidente da Associação Teatro Ibérico, Diretor Artístico do Teatro Cine de Torres Vedras, do Festival Novas Invasões e do Festival Acordeões do Mundo. As suas práticas de investigação caracterizam-se pelo experimentalismo performativo e a preocupação com o papel do artista enquanto interventor social. Ministra aulas em Universidades desde 2003 em Portugal e estrangeiro. Escreveu obras performativas e ensaios que refletem sobre o ato criativo e o corpo. Fundador de Canibalismo Cósmico, Galeria Zé dos Bois e do OLHO - Grupo de Teatro. Doutorado pela FBAUL em 2017 com a tese PERFORMANCE CORPO E INCONSCIENTE. Em 2008 recebe Prémio FAD Sebastià Gasch em Espanha e em 2014 o Prémio de Melhor Encenação da SPA com Yerma de Garcia Lorca.