Cláudia Dias / Sete Anos

Quinta-feira: Abracadabra

Cláudia Dias / Sete Anos

© Alípio Padilha

Ciclo Sete Anos Sete Peças

Novembro

24/11 qui 19:30

CAMPO ALEGRECafé-Teatro

palavras ⁄ significado ⁄ pessoas
Preço 9€
Duração 50min
Classificação etária 6+
Na quarta criação do projeto Sete Anos Sete Peças, Cláudia Dias e Idoia Zabaleta dão novos usos a palavras gastas. Partem do zero para voltar a combinar com as pessoas presentes os significados mínimos de cada palavra. Paz, pão, trabalho, educação querem dizer o quê, mais propriamente? Demonstrando a verdadeira relação entre as coisas e as palavras, buscando os nomes ocultos da injustiça, da desigualdade e da opressão, as artistas procuram as palavras mágicas para mover corpos, e mundos.


Cláudia Dias (Lisboa, 1972) formou-se em dança na Academia Almadense, na Companhia de Dança de Lisboa e no Forum Dança. Frequentou o mestrado em artes cénicas na Universidade Nova de Lisboa. Integrou o Grupo de Dança de Almada e o coletivo Ninho de Víboras. Colaborou com a RE.Al, tendo sido uma intérprete central na estratégia de criação de João Fiadeiro e no desenvolvimento, sistematização e transmissão da Técnica de Composição em Tempo Real. Leciona regularmente oficinas de Composição Coreográfica e de Composição em Tempo Real. Criou as peças One Woman Show, Visita Guiada, Das coisas nascem coisas, Vontade De Ter Vontade e Nem tudo o que dizemos tem de ser feito nem tudo o que fazemos tem de ser dito. Atualmente desenvolve o projeto Sete Anos Sete Peças.

Ciclo Sete Anos Sete Peças

Novembro

24/11 qui 19:30

CAMPO ALEGRECafé-Teatro

palavras ⁄ significado ⁄ pessoas
Preço 9€
Duração 50min
Classificação etária 6+