JOANA CASTRO -

DDD 2019

TER 9 & QUA 10 MAI ⁄ 19H00

CAMPO ALEGRE Café-Teatro

5,00EUR • M/12 

JOANA CASTRO


Su8marino

Estreia ⁄ Coprodução

Dança
JOANA CASTRO -
Em “Su8marino”, procuro possibilidades de desterritorialização como desconstrução de paradoxos, encarando o paradigma da criação enquanto produção de novas formas de subjetivação.
Como construir uma matriz intersubjetiva de relações entre o entendimento da criação artística enquanto demarcação de território, como refere Deleuze, a desconstrução do poder (territorial) gerando “linhas de voo”, a produção de novos espaços, territórios possíveis e alternativos, a criação de novas configurações semióticas não absolutas e o limite da linguagem/palavra enquanto transformação em contínuo devir. Nesta peça, o performer é também observador, público, náufrago, construtor de camadas submersas, emergindo enquanto metáfora existencial. “Su8marino” é um ritual, uma fronteira esbatida onde camadas de (des)(re)territorialização abrem espaço à metamorfose.Como reagir ao universo envolvente, onde a Síria se desfaz, o Brasil encolhe, os EUA estão no limite e a Europa asfixia? Em que medida, a consciência da globalização na relação com o espaço privado, se ritualiza e se transforma num espaço poético e abstracto onde as possibilidades de existência a substituem? — Joana Castro 

Joana Castro (1988, Porto) iniciou os seus estudos no curso em dança no Balleteatro Escola Profissional em 2006, frequentou o curso PEPCC (Programa de Estudo, Pesquisa e Criação Coreográfica) no Fórum Dança em 2008, foi bolseira do Núcleo de Experimentação Coreográfica em 2009 e em 2013 participa no DanceWeb Schoolarship Programme do Festival Impulstanz, em Vienna. Como colaboradora e/ou performer tem colaborado em peças de Né Barros, Victor Hugo Pontes, Ana Borralho e João Galante, Flávio Rodrigues, Joana Providência, Joclécio Azevedo, entre outros. Desde 2009 que desenvolve o seu próprio trabalho, tendo apresentado algumas das suas obras em Portugal, Bélgica e Alemanha. Frequenta a pós-graduação de especialização em performance na Faculdade de Belas Artes do Porto.

Concepção, criação coreográfica, cénica e interpretação Joana Castro
Música original Adriano Fontana e Joana Castro
Apoio ao figurino Jordann Santos
Desenho de luz Alexandre Vieira e Joana Castro
Texto e documentação Joana Castro e Telma João Santos
Assistência de ensaios Camila Neves
Aconselhamento artístico Vânia Rovisco
Residências e apoios na criação Conquering the Studio 2016: a time for research de Cristina P. Leitão, Lugar Instável, DeVIR/CAPa, Palácio do Sobralinho, Centro de Criação de Candoso - CCVF, Serviço de Emergências 2016 - Teatro de Ferro
Coprodução Teatro Municipal do Porto
Duração aprox. 50min