1, 2, 3...

17 Dezembro 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a João Gesta

Quintas de Leitura

Em dezembro, as Quintas de Leitura celebram o seu 18º aniversário com a sessão “Conto pelos teus cabelos os dias e as noites”, no Teatro Campo Alegre. 18 anos de poesia, 18 anos de palavras: que balanço faz de 18 anos deste ciclo poético?  

Sim, são 18 anos de ação poética – o que é muito tempo! Digamos que as Quintas de Leitura atingem, este ano, a maioridade. Por isso, decidimos fazer um jogo simples, um exercício despretensioso, que foi pedir a muitas figuras notáveis da cultura portuguesa que nos indicassem um poema que tenha resistido à erosão do tempo, que os continue a emocionar. Fizemos o desafio, referindo apenas algumas dessas personalidades, ao Primeiro-Ministro, António Costa, ao Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, ao Diretor Artístico do Teatro Municipal do Porto, Tiago Guedes, à Ana Zanatti, a Clara Ferreira Alves, a Catarina Martins, do Bloco de Esquerda. E é engraçado que todas estas pessoas acharam graça ao desafio e enviaram as suas escolhas. E, no fundo, a essência desta sessão é a leitura desses 37 poemas, que correspondem ao número de personalidades contactadas.

Todas estas escolhas poéticas serão lidas pelos convidados da sessão?

Evidentemente que não conseguiremos ler esses 37 poemas, mas mesmo assim prometemos a leitura de cerca de 22, numa sessão que conta com muitos cúmplices. Desde logo, nas leituras, dando corpo a estas escolhas, teremos as atrizes Carla Bolito e Teresa Coutinho e ainda o José Anjos e o Vítor Alves da Silva, que estará connosco pela primeira vez. Para comentar as escolhas virá o Pedro Mexia e o Afonso Cruz fará também uma intervenção – diz que “o maior cego é o que não quer ler” e será neste universo que irá intervir. Na música, teremos a Raquel Ralha e o Pedro Renato que farão algumas versões que serão também elas “rockeiras” e um pouco desarmantes. O Manel Cruz volta também às Quintas de Leitura, desta vez a solo, depois de 2 anos de ausência. Contaremos ainda com um grande pianista, que muitos viram pela primeira vez nas Quintas de Leitura, Rául da Costa, que atualmente vive na Alemanha e que virá propositadamente para fazer esta introdução. Digamos que é um entróito musical.

Terminamos o ano, então, com uma sessão muito especial de aniversário.

Na realidade, escolhemos este mês – e nem sempre é no mesmo, já assinalamos em novembro e em maio, em anos anteriores – no dia 19, muito perto do Natal, para comemorar este ciclo. Quintas de Leitura: 18 anos a dizer o Mundo. Mas, avizinha-se já uma outra sessão em janeiro, desta vez no Rivoli, numa ação solidária e inserida no 88º Aniversário do Teatro Rivoli – casa emblemática do Porto.

 
Quintas de Leitura Online: No dia 21 de maio, a poesia ensina a resistir

13 Maio 2020

Quintas de Leitura Online: No dia 21 de maio, a poesia ensina a resistir

A sessão Sem dias de solidão é transmitida no Facebook do TMP

“Nós reduziremos a arte à sua expressão mais simples, que é o amor” (André Breton)
Entrevista

3 Abril 2020

Entrevista

Martin Zimmermann

Coreógrafo, encenador, cenógrafo e ator físico 
Tânia Carvalho

18 Fevereiro 2020

Tânia Carvalho

Entrevista

Coreógrafa
Anarquivo

23 Dezembro 2019

Anarquivo

ORDINARY PEOPLE: a voz singular da dança colectiva

Um registo livre a partir dos espetáculos da temporada para reativar o discurso das conversas pós-espetáculo e repensar o nosso tempo.
1, 2, 3...

17 Dezembro 2019

1, 2, 3...

... Perguntas a João Gesta

Quintas de Leitura
Victor Hugo Pontes

2 Dezembro 2019

Victor Hugo Pontes

Entrevista

Coreógrafo