88º Aniversário Rivoli

15 Janeiro 2020

88º Aniversário Rivoli

A 88 velas do Teatro Rivoli serão apagadas nos dias 16, 18 e 19 de janeiro


O aniversário do Teatro Rivoli arranca na quinta-feira, dia 16 de janeiro, com as paradigmáticas Quintas de Leitura, que se mudam temporariamente para o Rivoli e ganham a escala do seu Grande Auditório, para uma sessão com valor a partir de 5.00€, que reverte a favor de instituições de solidariedade social da cidade - Centro Social e Paroquial do Amial e Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica (APELA) - , e que revela como é que “O Poema Ensina a Cair”.

Sábado e domingo, 18 e 19 de janeiro, serão os dias mais preenchidos.
Sábado, às 14h30, a celebração começa com um espetáculo para ver em família, Narrow, da companhia belga Laika, na Sala de Ensaios. O espetáculo é novamente apresentado às 16h30 e no domingo, às 11h30.

Às 16h00 será feito um percurso performativo onde serão visitadas as diferentes disciplinas em vários espaços do teatro: dança, música, circo contemporâneo e instalação.
No Foyer do Grande Auditório estará a instalação Horto - Uma forma que vem do toque da dupla Guilherme Sousa e Pedro Azevedo - Jovens Artistas Associados do Teatro Municipal do Porto para 2019/2020 e 2020/2021. No Café Rivoli é Ana Isabel Castro, outra Jovem Artista Associada, irá apresenar uma adaptação da peça Marengo, primeiro trabalho da artista cuja proposta criativa joaga entre o mito e a realidade e entre a mentira e a verdade. O circo contemporâneo ocupará o subpalco com a Crisálida, de Daniel Seabra.
A Sonoscopia apresenta Phonopticon - um modelo de criação e representação sonora coletiva inpirado na arquitetura do Panopticon - no Foyer do Pequeno Auditório.

Este percurso é acompanhado por um assistente de sala, com o ponto de encontro no Foyer do Grande Auditório e repete-se no domingo, às 16h00.

Às 17h30 é hora de descobrir a programação de março a julho do Teatro Municipal do Porto, numa conversa informal com o Diretor Artístico do TMP, Tiago Guedes, no Café Rivoli.

O novo projeto do Visões Úteis, Little B, que viaja no imaginário e biografia do ator Mário Moutinho, é apresentado às 18h30, no Pequeno Auditório, e é apresentado novamente no domingo, às 14h30.

O espetáculo da noite, às 21h30, de Grande Auditório é aSH, uma peça de Aurélien Bory para a bailarina indiana Shantala Shivalingappa, em estreia nacional. Para garantir que ninguém fica de fora no aniversário do Teatro da cidade, este espetáculo é novamente apresentado no domingo, às 17h30.
A música volta a estar presente no aniversário do Rivoli com o concerto do percussionista iraniano Mohammad Reza Mortazavi e, para fechar em festa e com entrada livre no Café, King Earthquake com Mystic Fyah, um tributo da Favela Discos às sonoridades dos metais da cultura dub. Ambos em coprodução com a Matéria Prima.
 

A entrada é gratuita mediante levantamento de bilhete (máximo dois por pessoa) a partir de sábado, dia 18 de janeiro, às 11h00, na Bilheteira do Rivoli - sujeito à lotação da sala.


Fotografia © José Caldeira / TMP