Patrícia Portela [Novas datas] - Vesalius

Vesalius

Programa Paralelo

12 Sáb 19.00h 13 Dom 17.00h

CAMPO ALEGRE

2.50€ (crianças e grupos escolares) ou 7.00€ (adultos) • 1.00h • >12

Patrícia Portela [Novas datas]

Boas memórias

Teatro
com Leonardo Simões & Irmã Lúcia
Estreia
No âmbito do Foco Famílias 2020
Patrícia Portela [Novas datas] - Vesalius

Vesalius

 
A música, a comida, os aromas transportam-nos quase sempre para boas memórias, pois são espaços pessoais muito intensos e quase secretos que nem o mais cruel repressor consegue oprimir ou destruir. Depois de uma catástrofe, de uma separação, de uma perda ou de um isolamento como o que muitos experienciam neste momento, as boas memórias podem assaltar-nos nos momentos mais inesperados através de um sabor, de uma melodia, de uma peça ou história, e despertar em nós um reconhecimento, uma lembrança, uma paisagem há muito esquecida, roubando-nos um sorriso. Este projecto foi iniciado antes de um terço do mundo entrar em quarentena. A equipa de peritos de saudades várias era constituída exclusivamente por estrangeiros a residir no Porto que partilhavam as suas primeiras impressões sobre a cidade. Queríamos passear pelo Porto a partir da perspectiva de quem agora tinha chegado, ouvir os depoimentos de quem sempre lá viveu sem pertencer ali, e construir assim as nossas novas Boas Memórias. Queríamos conhecer o Porto pelo olhar do curioso, do estreante mas também do especialista. Até que esta pandemia nos apanhou a todos desprevenidos. Olhando pela janela, este é um Porto, desconhecido de todos, habitants nativos, estrangeiros, recém-chegados. Os hábitos mudaram, o​ ritmo mudou, o som, o cheiro da cidade é diferente. Que boas memórias vamos ter deste tempo? Que boas memórias queremos convocar durante este periodo para nos acompanharem neste momento? Em contacto regular seminal via email e encontros online, os participantes e Patrícia Portela respondem a estas perguntas e criam também as suas memórias. Através dos nossos olhares vamos pensar as cidades, as nossas, as que habitamos, as que ainda queremos conhecer como se fôssemos todos estreantes neste mundo, como se o pisássemos todos os dias pela primeira vez. O que são as boas memórias de um mundo novo? Que boas memórias do anterior queremos trazer? Em que cidade, em que Porto, em que terra natal queremos viver e crescer? Este espectáculo sera todo construído à distância. Por causa da quarentena. Porque entretanto alguns dos particpantes partiram mas desejam continuar, porque o encontro passou a ser o destino final em vez do início deste projecto. Como nos vamos reencontrar e partilhar as memórias que tivémos em separado? O (re)encontro, com a cidade, com os outros, e com as nossas memórias, colectivas e individuais, realizar-se-á com uma performance – passeio – instalação – banquete entre os apartamentos do Teatro Campo Alegre. Seja bem vindo! Para participar nestes encontros preparatórios ou no reencontro estreante final. – Patrícia Portela


PATRÍCIA PORTELA (1974) é autora de performances e obras literárias e vive entre Portugal e Bélgica. Estudou realização plástica do espetáculo (Lisboa), dramaturgia do espaço (Utrecht e Antuérpia), cinema (Ebeltoft) e filosofia (Leuven).
Reconhecida nacional e internacionalmente pela peculiaridade da sua obra, recebeu vários prémios - dos quais destaca o Prémio Madalena de Azeredo Perdigão/F.C.G. para Flatland I (2005) e o Prémio Teatro na Década para Wasteband (2003). Foi uma das 5 finalistas do Prémio Media Art Sonae, em 2015, com a instalação Parasomnia com a qual continua a circular pelo mundo. Foi a primeira bolseira literária em Berlim da Embaixada Portuguesa na Alemanha, em 2016, e é cronista do Jornal de Letras desde 2017.

LEONARDO RIBEIRO SIMÕES nasceu em Viseu, em 1964. Em 1985, iniciou os estudos em cinema na Escola Superior de Teatro e Cinema. Em 1990, concluiu o bacharelato e começou a trabalhar como assistente de câmara freelancer em cinema.
Em 2002, com o filme Antes que o Tempo Mude de Luís Fonseca, faz a primeira longa metragem como diretor de fotografia. Como diretor de fotografia ou operador de câmara tem participado em obras de criadores de diversas áreas teatro, vídeoarte, videoclip, documentário e ficção.
Destaca colaboração com realizadores como Pedro Costa, Pedro Caldas, Joaquim Sapinho e Vítor Gonçalves / com artistas plásticos como João Onofre, Vasco Araújo, Jemima Stehli e Stan Douglas / e no teatro com Patrícia Portela.
 
  • Projeto
    Patrícia Portela
    Participantes
    Dorina Varga, Antonina Nakonechna, Marcela Pederson, Luis Bagorro, Emanuela Corso, Célia Fechas, Maria Maybee, Raúl Santos
    Imagem
    Leonardo Simões
    Pós-produção 
    José André/irmã Lucia efeitos especiais
    Assistência na imagem 
    Vasco Trabulo
    Produção 
    Teatro Municipal do Porto
    Prado

Paralelo

Programa de Aproximação às Artes Performativas

Este Programa do Teatro Municipal do Porto desenvolve e apresenta uma multiplicidade de propostas, conectadas com a programação artística, para todos os públicos. Propõe assim um conjunto de ações, que acontecem no Rivoli e Campo Alegre, desde espetáculos a workshops, encontros a projetos continuados, conversas a visitas guiadas. Sendo a mediação um dos eixos principais da sua missão, é fundamental o enfoque na multiplicidade de públicos existentes, assim como na promoção de uma participação ativa, crítica, que potencie uma reflexão sobre as Artes Performativas e uma relação com os seus criadores, próxima e construtiva. Assim, ainda que apresente mensalmente espetáculos e atividades pensadas especificamente para o público escolar e para as famílias, o Paralelo propõe igualmente a outros públicos a possibilidade de promover a Aproximação às Artes Performativas, de uma forma regular e concertada, com diferentes propostas e abordagens, que aqui damos a conhecer.

AGENDA 2019/2020

Espetáculos para grupos escolares e famílias

São apresentados no âmbito do Programa Paralelo, espetáculos que têm como público-alvo crianças, jovens e famílias. Estes espetáculos têm também sessões para grupos escolares.
Patrícia Portela [Novas datas]

Patrícia Portela [Novas datas]Boas memórias

Programa Paralelo
2020Dezembro
12 Sáb 19.00h 13 Dom 17.00h
CAMPO ALEGRE

Teatro

Workshops & Masterclasses

São atividades de carácter prático, colocando em contacto os criadores nacionais e internacionais que apresentam o seu trabalho no Teatro Municipal do Porto, com os vários públicos (estudantes, profissionais, curiosos, com ou sem experiência) de diversas faixas etárias. Promovem um conhecimento mais aprofundado do trabalho que aqui é apresentado, dos seus intervenientes e do processo criativo na sua totalidade. Os workshops e as masterclasses têm o valor de 2.50€, ou são gratuitos mediante a apresentação de bilhete para os espetáculos associados.

Aquecimento Paralelo

É um workshop que acontece regularmente, desafiando uma vez por mês os espectadores a experimentarem a ideia ou movimento de determinado espetáculo, mesmo antes de o verem. Este workshop dá não só a possibilidade de ter uma breve abordagem a diferentes linguagens, como também proporciona a todos os que nele participam (com ou sem experiência) uma relação com os espetáculos bastante diferente da habitual. O aquecimento paralelo tem o valor de 2.50€, ou é gratuito mediante a apresentação de bilhete para o espetáculo associado.

Inscrição Prévia para: paralelo.tmp@agoraporto.pt

Encontros

Tendo as artes performativas como tema principal, e ancorados nos espetáculos da temporada, todos são convidados ao diálogo, que se pretende acima de tudo participativo e enriquecedor. Estes encontros promovem um debate alargado sobre uma temática específica, têm durações variáveis e podem ter lugar no espaço do Teatro, em Escolas, ou em espaços não convencionais.

Conversas pós-espetáculo

Para esta temporada, desafiamos três convidados que asseguram a moderação destas conversas. Pontualmente, esta moderação poderá ser realizada pela equipa de Programação do Teatro Municipal do Porto, ou por um outro convidado. De curta duração (cerca de 30 minutos), a conversa pós-espetáculo tem como intuito a partilha direta com os artistas e uma aproximação às ideias e processos base do trabalho que acaba de ser apresentado e sobre o qual queremos saber mais. 

Projetos continuados

Todos os anos temos desenvolvido um projeto continuado, sempre com grupos de participantes específicos. Estes projetos, que podem ser em diferentes áreas artísticas, permitem não só uma prática continuada ao longo de vários meses, como ainda promovem a partilha entre o grupo, a sensibilização e a confirmação que as Artes Performativas podem e devem ser para todos. Em junho de 2020 apresentaremos o projeto “Boas Memórias”, onde Patricia Portela e Leonardo Simões irão descobrir e partilhar um Porto inédito, que pertencerá às “Boas Memórias” de quem o vier partilhar connosco.

Oficina do espectador

Dos 8 aos 13 anos
Propomos a este grupo que assista, em conjunto, aos espetáculos apresentados no âmbito do Paralelo. Após cada espetáculo, Tomás Carneiro, da Filosofia Pública, desafia-os a questionar e a descobrir os vários olhares que as Artes Performativas possibilitam.

Dos 14 aos 18 anos
Este será um lugar para descobrir, refletir e partilhar. Partindo dos diferentes espetáculos propostos, procura-se construir um pensamento critico conjunto, resultado da individualidade da cada um. Pretende-se partir da experiência de Ángela Díaz Quintela para propor desafios, influenciar e ser influenciado pela transformação natural do pensamento. Propiciar um espaço de constante questionamento e abertura, perdendo o medo ao não gostar ou não perceber, reconhecendo assim a importância que este lugar tem para as várias áreas artísticas.

Maiores de 18
Uma vez por mês, este grupo assiste a um espetáculo do Teatro Municipal do Porto. Após o espetáculo, Tomás Carneiro, da área da filosofia, propõe uma conversa informal. O desafio é que todos tenham a oportunidade de questionar e de serem questionados, de descobrir (ou não) outras perspetivas, e, acima de tudo, de poder partilhar.

Duração: uma vez por mês de outubro de 2019 a julho de 2020. O acesso aos espetáculos tem o valor de 2.50€. Para se inscrever num dos grupos ou para mais informações paralelo.tmp@agoraporto.pt
 

P.E.D.R.A.
Projeto Educativo em Dança de Repertório para Adolescentes

P.E.D.R.A. é um projeto de dança contemporânea, desenvolvido entre janeiro e abril de 2020, destinado a um grupo de jovens entre os 15 e os 18 anos, com ou sem experiência artística, que irá descobrir e apropriar-se do repertório de um coreógrafo de renome nacional. Nesta edição, a coreógrafa convidada é Vera Mantero. O projeto é desenvolvido simultaneamente em 3 cidades - Lisboa, Porto e Viseu -, cada uma com um grupo de participantes, num regime de cocriação entre estes grupos e um coreógrafo local, com o acompanhamento da coreógrafa convidada. A escolha do repertório é livre, ainda que limitada ao trabalho que a coreógrafa convidada privilegie. Esta é a última de três edições deste projeto, coproduzido pela Culturgest (Lisboa), pelo Teatro Municipal do Porto (Porto) e pelo Teatro Viriato (Viseu).

Queres participar neste projeto?
Este projeto destina-se a participantes entre os 15 e os 18 anos com ou sem experiência prévia na área da Dança.

Número máximo de participantes/intérpretes: 15

Locais e datas de apresentação
Cada grupo apresentará na sua cidade o resultado final durante o mês de abril de 2020 nos seguintes locais: Culturgest, Teatro Viriato, Teatro Municipal do Porto. Os três grupos apresentarão na Culturgest, em Lisboa, em data a confirmar.

Calendário previsto
Setembro 2019: Abertura de candidaturas
Novembro 2019: Encerramento de candidaturas e seleção dos candidatos em cada uma das cidades onde é desenvolvido o projeto
Dezembro 2019: Primeiro encontro dos participantes e sessão pública/aula aberta
Janeiro a Abril 2020: Sessões de trabalho com o coreógrafo assistente / ensaios definidos consoante a disponibilidade dos participantes

Mais informações e inscrições: paralelo.tmp@agoraporto.pt (até 14 de novembro de 2019)
 

Vinte Minutos

Vinte Minutos é um projeto anual do Teatro Municipal do Porto que se desenvolve ao longo do ano letivo, envolvendo alunos finalistas das seguintes escolas artísticas do Porto: ACE – Escola de Artes; balleteatro; ESMAE – Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo; ESAP – Escola Superior Artística do Porto. Tem como objetivo principal apresentar novas criações desenvolvidas exclusivamente por alunos, com a participação dos mesmos.

Nesta terceira edição os projetos selecionados serão apresentados em setembro de 2019.

Mais informações e inscrições  paralelo.tmp@agoraporto.pt (até 30 de dezembro de 2018)

Visitas Guiadas

O Teatro Municipal do Porto abre as portas dos seus dois polos, Rivoli e Campo Alegre, de forma a desvendar os seus bastidores. Uma visita guiada que pretende dar a conhecer estes dois Teatros, mas também o trabalho que aqui é desenvolvido e a equipa que neles trabalha. Visitar o mesmo espaço através da perspetiva de diferentes “olhares”. Assim propomos visitas guiadas em que diferentes elementos da equipa do Teatro Municipal do Porto revelam o “SEU” Teatro.

11.00h — 12.30h

30 MAIO [ADIADO]
Catarina Mesquita (Produção)

Vanessa Freitas (Técnica)

CAMPO ALEGRE
 

11 JULHO [ADIADO]
Francisco Teles (Técnica)

Marina Freitas (Produção)

RIVOLI


Mínimo 6 e Máximo de 25 participantes 
Inscrição prévia para paralelo.tmp@agoraporto.pt
Gratuito 
>6

Para além das datas mencionadas existe ainda a possibilidade de realizar visitas com grupos organizados. 
Serviço pontual e mediante inscrição prévia para paralelo.tmp@cm-porto.pt 
A marcação desta visita está dependente da disponibilidade das equipas e das atividades do teatro. 
Possibilidade de tradução sempre que solicitada em inglês, francês e língua gestual portuguesa.

Mais informação
 paralelo.tmp@agoraporto.pt

Ensaios gerais solidários

Esta iniciativa propõe que o ensaio geral de determinado espetáculo ou artista, seja potenciado em benefício de instituições de solidariedade social, através da cedência de bilhetes, que a instituição por seu turno disponibiliza aos seus associados e ao público a valores simbólicos. A verba angariada reverte inteiramente para as instituições.

Mais informações paralelo.tmp@agoraporto.pt