Companhia Nacional de Bailado / Hans van Manen  - © Hugo David

© Hugo David

Janeiro

9 Qui 21.00h 10 Sex 21.00h 11 Sáb 19.00h

RIVOLI Grande Auditório

9.00€ • 1.20h (com intervalo de 20 minutos) • >6

Companhia Nacional de Bailado / Hans van Manen

Adagio Hammerklavier + Short cut + In the future

Dança
Portugal / Holanda
Companhia Nacional de Bailado / Hans van Manen  - © Hugo David

© Hugo David

 
Duas vezes por ano, o Teatro Municipal do Porto acolhe a Companhia Nacional de Bailado (CNB), não fosse o Grande Auditório do Rivoli a sala onde foi apresentado o primeiro espetáculo, em 1977, antes ainda da sua estreia oficial no Teatro Nacional de São Carlos. A CNB vem ao Porto ora com criações contemporâneas - como foi o caso das reposições e da composição original pela coreógrafa Tânia Carvalho, na temporada de 2018 -, ora com um reportório clássico e moderno, numa lógica patrimonial e de constante atualização, missões basilares desta companhia. O programa agora proposto é um triple bill, três peças curtas de Hans van Manen. O coreógrafo holandês é conhecido pela forte estrutura e simplicidade refinada das suas composições. Da melancolia a partir do romantismo de Beethoven, em “Adagio Hammerklavier”; à elasticidade para a partitura vanguardista de Jacob Ter Veldhuis em “Short cut”; até ao cromatismo satírico de “In the future”; os virtuosos bailarinos da CNB trazem até nós nos seus corpos este relevante coreógrafo da história da dança.

Adagio Hammerklavier
"Adagio Hammerklavier" é reconhecido mundialmente como um dos clássicos do século XX. Esta é uma peça para três pares de bailarinos, coreografada sobre a sonata para piano de Beethoven, no. 29, opus 106. É considerado como o bailado mais lírico e académico de Hans van Manen e traduz uma visão lúcida e analítica das oscilações emocionais que ocorrem na vida comum. Ao longo da peça os sentimentos alternam-se entre paixão e desejo não correspondido, atração e repulsa.

Short Cut
Criada em 1999, “Short Cut” é uma peça para quatro bailarinos. Hans van Manen inspira-se na partitura de Jacob ter Veldhuis e tira partido das tonalidades, do ritmo e da poesia desta obra. A coreografia acompanha o ritmo da música, base desta dança que, centrando-se na forma de pas de deux, revela a sua extraordinária elasticidade.

In the Future
Coreografado originalmente para o Ballet Scapino de Rotterdão em 1986, “In The Future” é uma peça enérgica, divertida e surpreendente, criada para doze bailarinos com a música de David Byrne e figurinos de Keso Dekker.


A Companhia Nacional de Bailado foi criada por iniciativa do Governo de Portugal, em 1977. Ao longo das quatro décadas de existência tem apresentado obras de referência do reportório internacional, quer as incontornáveis do dito clássico, quanto as de coreógrafos como Balanchine, De Keersmaeker, Forsythe, Joos, Kylián, Limon, Van Manen ou Spöerli. Paralelamente, tem apostado em encomendas geradoras de uma identidade própria, com especial destaque nos convites a autores portugueses como Armando Jorge, Fernando Duarte, Olga Roriz, Rui Lopes Graça ou Vasco Wellenkamp. Sofia Campos é a atual diretora artística da companhia.

Hans Van Manen estudou dança com Sonia Gaskell, Françoise Adret e Nora Kiss. A sua carreira profissional iniciou-se em 1951, no Ballet Recital de Sonia Gaskell, e em 1952 no Ballet da Ópera da Holanda, onde coreografou o seu primeiro bailado, Feestgericht, em 1957. Após uma passagem pelos Ballets de Paris, de Roland Petit, van Manen ingressou na companhia Nederlands Dans Theater, onde trabalhou como bailarino, coreógrafo e, de 1961 a 1971, como Diretor Artístico. Seguiram-se dois anos como coreógrafo freelancer e, em 1973, Hans van Manen ocupou a posição de Coreógrafo Residente e Mestre de Bailado no Ballet Nacional da Holanda. Em 2015, tornou-se membro da Academia Holandesa para as Artes.
  • Adagio Hammerklavier
    Coreografia
    Hans van Manen
    Música
    Ludwig van Beethoven (Derde deel uit Sonate für das Hammerklavier no. 29, opus 106)
    Cenografia e figurinos
    Jean-Paul Vroom
    Desenho de luz
    Jan Hofstra
    Supervisão e acompanhamento da montagem do desenho de luz
    Bert Dalhuysen
    Assistente do coreógrafo
    Mea Venema
    Interpretação
    Bailarinos da CNB

    Short Cut
    Coreografia
    Hans van Manen
    Música
    Jacob ter Veldhuis (Slow Movement String quartet No. 3 There must be some way out of here, 1994; Movement 4 Trianon de porcelain from String quartet No. 1 Versailles, 1990 © Donemus Publishing BV)
    Cenografia e figurinos
    Keso Dekker
    Desenho de luz
    Joop Caboort
    Assistente do coreógrafo
    Nancy Euverink
    Interpretação 
    Bailarinos da CNB

  • In the Future
    Coreografia
    Hans van Manen 
    Música
    David Byrne (In the future, Winter, The sound of business) 
    Cenografia e figurinos
    Keso Dekker
    Assistente do coreógrafo
    Íris Reyes
    Interpretação 
    Bailarinos da CNB

    Parceria institucional
    Embaixada dos Países Baixos
    Produção
    Companhia Nacional de Bailado