Marina Otero

FUCK ME

Marina Otero

© Diego Astarita

FITEI 2022 no TMP

Maio

17/05 ter 21:30

RIVOLIGrande Auditório

Teatro
Argentina
Estreia nacional
Preço 12€
Duração 60min
Classificação etária 18+
Informação adicional Espetáculo falado em espanhol com legendagem em português
“Sempre me imaginei no meio do palco, como heroína, a vingar-me de tudo. Mas o meu corpo não aguentava tanta luta. Hoje, cedo o meu espaço aos intérpretes. Vou ver como emprestam o corpo deles à minha causa narcisista.”
Neste projeto, Marina Otero procura criar uma peça teatral interminável sobre a sua vida.
FUCK ME é a terceira parte de uma trilogia, depois de Andrea e Recordar 30 años para vivir 65 minutos.
Esta nova peça analisa a passagem do tempo e as marcas deixadas no corpo. FUCK ME vai além das fronteiras entre documentário e ficção, dança e performance, acaso e representação.


Nascida em Buenos Aires, em 1984, Marina Otero tem-se destacado enquanto intérprete, escritora, encenadora, pesquisadora e professora.
Criou o projeto Recordar para vivir, baseado na construção de uma peça teatral interminável sobre a sua vida. Alguns dos seus trabalhos, como Recordar 30 años para vivir 65 minutos e 200 Golpes de jamón serrano, foram apresentados em Singapura, Suíça, Sarajevo, Espanha, Itália, França, Peru, Chile e Argentina.

FITEI 2022 no TMP

Maio

17/05 ter 21:30

RIVOLIGrande Auditório

Teatro
Argentina
Estreia nacional
Preço 12€
Duração 60min
Classificação etária 18+
Informação adicional Espetáculo falado em espanhol com legendagem em português
Direção e dramaturgia Marina Otero
Intérpretes Augusto Chiappe, Cristian Vega, Fred Raposo, Juan Francisco Lopez Bubica, Miguel Valdivieso, Marina Otero
Espaço e desenho de luz Adrián Grimozzi
Espaço, luz e direção técnica David Seldes, Facundo David
Design de figurinos Uriel Cistaro
Desenho de som e música Julián Rodríguez Rona
Aconselhamento dramatúrgico Martín Flores Cárdenas
Assistente de direção Lucrecia Pierpaoli
Assistente de coreografia Lucía Giannoni
Assistente de desenho de espaço e luz Carolina Garcia Ugrin 
Artista visual Lucio Bazzalo
Montagem técnica audiovisual Florencia Labat
Styling de figurino Chu Riperto
Fotografia Matías Kedak
Figurino Adriana Baldani
Produção executiva Mariano de Mendonça, Marina D’ Lucca
Produção Mariano de Mendonça
Equipa de Produção na Europa Otto Productions – Timbre 4