Palcos Instáveis

Dinis Machado
L'Après-midi d'une faune

Palcos Instáveis

© Vera Marmelo

Março

19/03 sáb 21:30

CAMPO ALEGRESala-Estúdio

Dança
Instável — Centro Coreográfico
Preço 7€
Duração 45min
Classificação etária 12+
L’Après-midi d’une faune (A tarde de uma fauna) é um solo para abailarina Mandi Tiukkanen pela coreógrafa Dinis Machado com música original de Godill.
Nesta dança, investigam e questionam-se sobre uma feminilidade butch que seria no corpo de Machado lida apenas como uma manifestação masculina. Elas perdem-se neste labirinto coreográfico e íntimo onde procurar o feminino é também reconhecer a intangibilidade de o definir. Esta dança acontece no lugar onde Mandi empresta o seu corpo para materializar a subjetividade trans-feminina de Machado que, por sua vez, constrói um espaço para o corpo de Mandi, de um feminino raramente imaginado e materializado na história e nos palcos da dança erudita.
Assim, L’Après-midi d’une faune é sobre uma feminilidade que excede corpos individuais, sobre uma vivência de género coletiva e social que acontece entre corpos e nos lugares onde se cruzam e se encontram, na forma como se questionam e se potenciam mutuamente. Sobre a forma como nos podemos tornar no lugar onde os outros podem acontecer mais próximos de como se imaginam.
A música de Godill nem guia nem segue esta fauna, mas antes a acompanha enquanto devaneia, como uma irmã ou um feitiço para a caminhada desta dança de um pedestrianismo alado.
L’Après-midi d’une faune é também sobre a intimidade desta pluralidade feminina dos três corpos que a criaram. É sobre a tomada do espaço desta tarde bucólica pela subjetividade dela, pela sua deriva, sexualidade e autonomia. Trata-se da ocupação de “um quarto só para si”.
L’Après-midi d’une faune é sobre uma experiência trans tão concreta quanto espiritual.


Dinis Machado nasceu no Porto em 1987, viveu em Lisboa de 2005 a 2012 e, depois, mudou-se para Estocolmo. Com formação em dança e artes visuais, os seus trabalhos desenvolvem-se a partir do cruzamento destas duas áreas: onde o gesto concreto de construção plástica de objetos, espaços e corpos é recuperado e trabalhado como material coreográfico. Trabalha como performer para teatro e dança desde 1994. Em maio de 2014, concluiu o mestrado em coreografia na Escola de Dança e Circo de Estocolmo, dirigido por Jefta Van Dinther e Frédéric Gies.

Março

19/03 sáb 21:30

CAMPO ALEGRESala-Estúdio

Dança
Instável — Centro Coreográfico
Preço 7€
Duração 45min
Classificação etária 12+
Direção artística e coreografia Dinis Machado
Interpretação Mandi Tiukkanen
Música original Godill
Coprodução Instável — Centro Coreográfico, Weld, MARC, Galeria Zé dos Bois