Saltar para conteudo

Sinopse

Raquel S. / Noitarder

DESCANSAR

Março

2024

Qua
27
Qui
28

Sinopse

O que escrevemos em pedra? Que livros de mármore, que floreiras, que fotomontagens usamos para homenagear as pessoas que morreram? Que decisões estéticas tomamos? DESCANSAR parte dos cemitérios: lugares de homenagem, por um lado, mas, por outro, de leitura de diferenças sociais, políticas, económicas, de género, entre outras. O cemitério é um espaço altamente performático: por um lado, ritualista; por outro, quotidiano (há tigelas de comida de gato, vassouras atrás de jazigos, hastas públicas). É ainda um limiar: os mundos dos vivos e dos mortos coexistem. Há uma presença simbólica, imaginária, religiosa, fantasmagórica. E um movimento lento e imparável: a decomposição. O cemitério é um lugar de cruzamento e tensão e, por isso, iminentemente teatral. — Raquel S.

fantasmas

cemitérios

epitáfios

decomposição

© João Peixoto/TMP

© João Peixoto/TMP

© João Peixoto/TMP

© João Peixoto/TMP

© João Peixoto/TMP

© Nuno Matos

Info sobre horário e bilhetes

Qua

27.03

19:30

Qui

28.03

19:30

RivoliPalco do Grande Auditório

bilhetes

Informação adicional

  • Preço 
    9€
  • Duração 
    1h
  • Classificação etária 
    12+

Acessibilidades do espetáculo

Interpretação em Língua Gestual Portuguesa
Acesso mais condicionado
Texto
Luzes estroboscópicas

Texto biografia autores

Raquel S. (Monção, 1986) é dramaturga e dirige espetáculos a partir do Porto. Em 2018, fundou a Noitarder, estrutura com a qual estreou Longe, amor.demónio, Ruído e Cadernos de. Foi uma das dramaturgas selecionadas na École des Maîtres 2020, onde escreveu Carne, traduzido em duas línguas, apresentado em quatro países e publicado em Portugal. Estudou Filosofia e Literatura. Começou o percurso no TUP – Teatro Universitário do Porto e trabalha agora com diversas companhias e artistas. Escreve textos não-teatrais, ensaios, curta-metragens, entre outros. Dá aulas de Dramaturgia na ACE – Academia Contemporânea do Espetáculo e é mentora local do projecto Future Laboratory.

Ficha técnica

  • Direção artística e texto
    Raquel S.

    Interpretação e cocriação
    Júlia Valente, Leonor Cabral

    Cenografia e figurinos
    Pedro Azevedo

    Música e espaço sonoro
    José Alberto Gomes

    Luz
    Tiago Silva

    Vídeo e imagem
    Nuno Matos

    Contribuição dramatúrgica e apoio ao movimento
    Vera Santos

    Direção de produção
    Inês Maia | Pé de Cabra

    Apoio à produção
    Jessica Duncalf

    Apoio
    TUP - Teatro Universitário do Porto

  • Confecção de figurinos
    Ana Fernandes, Delfina Oliveira e Rosa Almeida

    Um espectáculo
    Noitarder – Associação Cultural

    Coprodução
    Bolsa de criação O Espaço do Tempo, com o apoio do BPI e da Fundação "la Caixa", e Teatro Municipal do Porto  

    Agradecimentos
    ACAPO, ACE Escola de Artes e Teatro do Bolhão, Ana Carolina (atenta aos nomes desaparecidos), CRL - Central Elétrica, Dário Pais, Eduardo Brandão, Joana Mont' Alverne, Mafalda Banquart, Maria do Carmo e Francisca Costa, mala voadora, Marisa Catita, membros dos grupos Cemitérios Históricos de Portugal e Cemitério dos Prazeres – O Père Lachaise Português, Miguel C. Tavares, Palmilha Dentada, Rafaela Ferraz, Rute Pimenta, Sr. Joaquim e funcionários da Raquel Silva, Lda. Artigos Funerários, Steel Point

Antes e depois do espetáculo

Subscrevam a nossa newsletter e recebam todas as novidades sobre o TMP.

close