Visões Úteis

Little B

Visões Úteis

© DR

Janeiro

15 Qua 21.00h 16 Qui 19.00h 17 Sex 21.00h 18 Sáb 18.30h19 Dom 14.30h

RIVOLIPequeno Auditório

Teatro
7.00€ • 1.30h • >14
As sessões dos dias 18 e 19 integram o programa do 88º Aniversário Teatro Rivoli
“Little B”, a nova criação do Visões Úteis, é um espectáculo concebido e escrito por Ana Vitorino, Carlos Costa, Mário Moutinho e Sara Barros Leitão, assumindo e ampliando a dinâmica colaborativa que é marca da identidade da companhia. Inspirado pela biografia profissional de Mário Moutinho – Artista Associado do Visões Úteis em 2018 e 2019 –, o espetáculo recusa, no entanto, uma perspetiva arquivista ou documentarista: aqui não interessa tanto a vida do Mário, mas a pluralidade de vidas que uma vida pode conter; não tanto a sua vida vivida, mas a sua vida por viver; não tanto aquilo que (d)ele se recorda mas os atalhos, imprecisões e armadilhas da memória que se tornam evidentes quando se tenta arquivar uma vida. E sobretudo, mais do que aquilo que o Mário fez, interessa o que sonhou e falhou fazer – porque é aí que todos nos encontramos: o protagonista de Dumas/Sartre (“Keane”) que nunca fez, o Próspero, rodeado de marionetas, que nunca interpretou, o solo de bateria (“Little B”, The Shadows) que nunca tocou. Apesar do seu ponto de partida biográfico, “Little B” não tem pretensões documentais, dedicando-se simultaneamente àquilo que aconteceu, ao que poderia ter acontecido, ao que gostaríamos que acontecesse, ao que nunca mais acontecerá e ao que está por acontecer. Um espetáculo sobre os encontros dos tempos, sobre “pessoas que se repetem” e que, por isso, se encontram, a si mesmas e às outras, sobre pessoas que reconhecem a sua vida nas dos outros, mais do que na projeção que fazem de si, sobre atores que vivem na memória uns dos outros.


O Visões Úteis é um projeto artístico de origem teatral, fundado no Porto em 1994 e que criou e produziu já mais de cinquenta trabalhos, em Portugal e no estrangeiro, entre espetáculos de teatro, trabalhos de Performance na Paisagem e Performances Comunitárias. Desenvolve também atividade de investigação, de formação - através do seu Serviço Educativo - e de edição, quer pela publicação de livros, quer pela criação e produção de filmes e formatos sonoros. O Visões Úteis é um projeto pluridisciplinar, com uma direção partilhada e assente em metodologias de trabalho colaborativas que convocam uma especial participação de toda a equipa artística. A Direção Artística é de Ana Vitorino, Carlos Costa e João Martins.

Janeiro

15 Qua 21.00h 16 Qui 19.00h 17 Sex 21.00h 18 Sáb 18.30h19 Dom 14.30h

RIVOLIPequeno Auditório

Teatro
7.00€ • 1.30h • >14
As sessões dos dias 18 e 19 integram o programa do 88º Aniversário Teatro Rivoli
  • Direção e texto
    Ana Vitorino, Carlos Costa, Mário Moutinho,
    Sara Barros Leitão 
    Cenografia
    Inês de Carvalho
    Sonoplastia
    João Martins
    Desenho de luz
    Pedro Correia
    Vídeo
    Alexandra Allen, Sara Allen
    Interpretação
    Ana Vitorino, Carlos Costa, Mário Moutinho, Francisca Neves, participação especial Clara Costa / Leonor Costa, Pedro Monteiro
    Música adicional
    “Tanto Mar”, letra e música de Chico Buarque
  • Coordenação de produção
    Teresa Camarinha
    Produção executiva
    Pedro Monteiro
    Coordenação técnica
    Zé Diogo Cunha
    Produção
    Visões Úteis
    Coprodução
    Teatro Municipal do Porto, Teatro Diogo Bernardes, Teatro Académico de Gil Vicente
    Agradecimentos
    Teatro de Marionetas do Porto, Emilie Spitale, Ana Azevedo