Rébecca Balestra, Igor Cardellini, Tomas Gonzalez

Showroom

Rébecca Balestra, Igor Cardellini, Tomas Gonzalez

© Sabina Bösch

Double Trouble #06

Março

24/03 sex 21:30
25/03 sáb 21:30

CAMPO ALEGRESala-Estúdio

museu ⁄ diorama ⁄ progresso ⁄ máquina
Estreia nacional
Preço 7€
Duração 1h10
Classificação etária 16+
Legendagem Francês ➝ Português
Showroom é um espetáculo sobre a substituição de humanos por máquinas. Numa caixa branca, uma atriz dá alternadamente voz a uma apresentadora de uma feira comercial, uma motorista de táxi, uma empregada de caixa, uma assistente de elevador, uma empregada de balcão provinciana... A base de uma sociedade assente na ideia de progresso que está a ser gradualmente substituída. Vida humanas que se tornaram no resíduo da produtividade, agora relegadas para a periferia e eliminadas. Showroom é uma peça de museu, um diorama em tamanho real, o artefacto de um universo prestes a extinguir-se.


Após uma carreira académica em antropologia, sociologia e ciência política na Universidade de Lausana, Igor Cardellini colaborou na dramaturgia dos projetos de Emilie Charriot (King Kong théorie, Ivanov e Passion simple), adaptações em que questiona as relações entre género, sexo e classe social. Ao mesmo tempo, conheceu Tomas Gonzalez e Rébecca Balestra, com quem fundou o coletivo Balestra | Cardellini | Gonzalez, associado ao Teatro de Vidy, em Lausana. Nas suas produções, interessa-se pelo poder e a maneira como o contexto teatral cria efeitos de realidade. É membro da comissão do festival Belluard Bollwerk e trabalha como jornalista para vários jornais diários suíços.

Após um bacharelato em teatro em La Manufacture, Rébecca Balestra começou a trabalhar nas suas próprias peças para competições de poesia. Primeiro, Flashdanse; depois, Tropique, Show Set e Piano Bar; mais recentemente, Olympia – todas a solo. Em 2013, recebeu o prémio de dramaturgia Studer/Ganz. Enquanto intérprete, trabalha com o coletivo tg STAN e com encenadores como Anne Bisang, Michèle Pralong, Natacha Koutchoumov, Mathieu Bertholet, Jean Liermier e Hervé Loichemol.

Tomas Gonzalez licenciou-se em artes na Universidade de Lausana e em teatro em La Manufacture-HEARTS, uma escola onde ensina desde 2017 e onde partilha com Anne Pellois uma abordagem atenta à história da representação. A sua pesquisa centra-se nos processos de cópia, imitação e reativação. Enquanto ator ou colaborador artístico, trabalha com os encenadores Jérôme Bel, Milo Rau, Yan Duyvendak, Stefan Kaegi, Mohammad Al Attar, Sara Leghissa, Karim Bel Kacem e Emilie Charriot.

Double Trouble #06

Março

24/03 sex 21:30
25/03 sáb 21:30

CAMPO ALEGRESala-Estúdio

museu ⁄ diorama ⁄ progresso ⁄ máquina
Estreia nacional
Preço 7€
Duração 1h10
Classificação etária 16+
Legendagem Francês ➝ Português
Texto e encenação Rébecca Balestra, Igor Cardellini, Tomas Gonzalez
Com A definir
Iluminação e técnica Edouard Hügli
Cenografia e técnica em digressão Sonya Trolliet
Cenografia Yves Besson, Laura Gaillard
Perucas Katrine Zingg
Figurinos Marvin M’toumo, Sarah Bounab, Mathilde Fenoll
Produção Sarah Gumy  
  • © Sabina Bösch

    © Sabina Bösch

  • © Sabina Bösch

    © Sabina Bösch