Teatro do Vão

Tudo sobre a minha mãe

Teatro do Vão

© Frederico Martins / Portuguese Soul

Janeiro

27/01 sex 19:30
28/01 sáb 19:30
29/01 dom 19:30

CAMPO ALEGREAuditório

teatro ⁄ mulher ⁄ maternidade ⁄ sororidade
Preço 9€
Duração 2h
Classificação etária 16+
Tudo sobre a minha mãe, texto de Samuel Adamson a partir do filme de Pedro Almodôvar, centra- se na vida de Manuela – uma enfermeira, mãe solteira, que assiste à morte do filho no dia em que completaria 17 anos. Manuela parte numa viagem à procura do pai do filho e, nesse recuperar do passado, encontra uma antiga amiga com quem ele se prostituiu, conhece uma freira e começa a trabalhar como assistente de uma conhecida atriz de teatro. Tudo sobre a minha mãe é um espetáculo sobre a incondicionalidade da força feminina – sobre o que é ser mulher (periférica ou não, racializada ou não, cis ou transgénero). Parte da dramaturgia destas mulheres, que de tão incondicionais fazem cair a concretude do espaço e do tempo cinematográficos, tornando-as símbolos de sobrevivência e resistência. Daniel Gorjão pretende dar palco e voz a temas que se encontram socialmente em discussão na agenda mediática, como é o caso da identidade de género e orientação sexual, permitindo uma reflexão por parte do público.


Daniel Gorjão frequentou o ensino secundário na vertente de Artes Dramáticas, no Centro de Estudos de Fátima, o Curso de Formação de Actores da Universidade Moderna e a Escola Superior de Teatro e Cinema. Em 2003 ingressa na Companhia do Teatro Politeama, onde iniciou ao seu percurso, tendo sido dirigido por Filipe La Féria em diversas produções. Em 2010, funda o colectivo Rosa74 Teatro onde cria e dirige o espectáculo "um dia dancei SÓ dancei um dia", vencedor do prémio "Emergentes" TNDMII / Festival de Almada. Destacam-se ainda os espetáculos, "Intervenção: Antes de Começar", de Almada Negreiros, que dirigiu para o projeto One Nigth Stand e a performace "não te concedi a ti, natureza, a decisão deste dia", bem como a assistência de encenação no espetáculo "Quem tem medo de Virginia Woolf?", de Ana Luísa Guimarães/TNDMII. Em 2012 passa a dirigir o Teatro do Vão através do qual apresenta "SEMPRE NOIVA"; "Que o dia te seja limpo"; "FRAGMENTO"; "Beco da Saudade"; "O Olhar Inabitado das Manhãs"; "Radiografia de um nevoeiro imperturbável"; "Desta Carne Lassa do Mundo"; "Perfeito Círculo Presente"; "Júlia"; "COCK"; "Onde não puderes amar não te demores” e “Quarteto”. Em 2021, no São Luiz Teatro Municipal dirige o ciclo Um coração normal, onde encena nesse projecto “Vita e Virginia”. Paralelamente em 2012 participa em cocriação com Maria João Luis nos Encontros do Devir-Capa | Faro com o espetáculo "uma solidão igual à minha". Em 2013 no Teatro da Terra protagoniza o espetáculo "Ninguém se ouve, ninguém se vê" de Maria João Luis, do qual também é assistente de encenação. Em 2014 dirige o movimento do espetáculo "Duas Pessoas" de Maria João Luis. Em 2017 cria para o GTIST "Ama como a estrada começa", vencedor do Prémio Cidade de Lisboa do Fatal. Em 2019 cria para a CNB, "Nós como Futuro". Em 2022, no Teatro da Trindade dirige Nuvem, texto vencedor do Prémio Miguel Rovisco. Em televisão dirige regularmente dobragens para a RTP, desde 2011. Foi coach do programa "Quem fala assim" coprodução ARTV/RTP2 e "Fala-me também do fado" e "Praias olímpicas". Foi diretor de arte no programa "Zig Zag Ensaio de Natal". Foi diretor de atores nos programas "A República das Perguntas", "Histórias para sempre" e "Poesia na Ordem do Dia". Criou e coordenou os projetos "Trapos e conversas frívolas", "Notas para a Alegria", "Até hoje sempre futuro", "Conta um conto". Foi responsável pela apresentação da candidatura portuguesa ao New European SongBook (EBU). Mais recentemente assinou a autoria de "O Coro". É também responsável pela programação de artes performativas da RTP2, desde 2016. Membro da direção executiva do IMZ para o triénio 2023-2025.

Janeiro

27/01 sex 19:30
28/01 sáb 19:30
29/01 dom 19:30

CAMPO ALEGREAuditório

teatro ⁄ mulher ⁄ maternidade ⁄ sororidade
Preço 9€
Duração 2h
Classificação etária 16+
Texto Samuel Adamson
A partir do filme de Pedro Almodóvar
Direção artística Daniel Gorjão
Assistente de encenação Filipa Leão, João Candeias Luís
Tradução Hugo van der Ding
Interpretação André Patrício, Catarina Wallenstein, Filipa Leão, Filipa Matta, Gaya de Medeiros, João Candeias Luís, João Sá Nogueira, Maria João Luís, Maria João Vaz, Maria João Vicente, Sílvia Filipe, Teresa Tavares
Música Alberto Iglesias
Sonoplastia e desenho de som Miguel Lucas Mendes
Captação de video João Garrinhas | Outros Ângulos
Projecto de cenografia (Letras) Bruno Terra da Motta
Execução de cenografia (Letras) FP Solutions Lda
Execução de figurinos Jaqueline Roxo Atelier
Styling Federico Rudari
Cabelos David Xavier
Assessoria de imprensa ShowBuzz
Imagem de divulgação Frederico Martins | Portuguese Soul
Produção e desenho de luz Teatro do Vão
Estagiário de luz César Joaquim
Coprodução Teatro Municipal do Porto, São Luiz Teatro Municipal
Apoios The Editory Hotels, BELLISSIMO CAFÉS, Riopele, Pinguim Púrpura, APICCAPS, Perfumes & Companhia, Luís Onofre, salt&sugar, Campobello, Felmini, Reve de Flo, Rufel, WOCK, Fiuza Wines, HairPlus, Polo Cultural das Gaivotas | Boavista, CML - Biblioteca de Marvila, Teatro do Vestido
Agradecimentos João van Zelst, Teresa Lima, João Matos, Frederico Batista, ink.debris, Maria Carvalho, João Figueiredo Dias, João Cristóvão Leitão, João Ramos, CPBC - Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, Marta Sousa Ribeiro e Caramelo Produções



  • © Estelle Valente / Teatro São Luiz

    © Estelle Valente / Teatro São Luiz

  • © Estelle Valente / Teatro São Luiz

    © Estelle Valente / Teatro São Luiz

  • © Estelle Valente / Teatro São Luiz

    © Estelle Valente / Teatro São Luiz

  • © Estelle Valente / Teatro São Luiz

    © Estelle Valente / Teatro São Luiz

  • © Estelle Valente / Teatro São Luiz

    © Estelle Valente / Teatro São Luiz

conteúdos relacionados